80% dos perfis fitness no Instagram são de mulheres, mas homens ainda faturam mais

Reprodução/Instagram @thebodycoach

Mesmo em áreas onde as mulheres são as profissionais dominantes, elas ainda recebem menos que os homens no ambiente de trabalho. Quando se trata de fitness, teoricamente o time feminino fatura mais, mas não se falarmos de lucros através das redes sociais.

Pelo menos é o que indica um ranking realizado para calcular o faturamento dos personais mais famosos no Instagram. Feita por uma rede de lojas de suplementos no Reino Unido, a lista mostra que 80% dos integrantes no top 50 são mulheres, mas quem mais ganha dinheiro é um homem.

Joe Wicks ocupou o primeiro lugar em faturamento, sendo o profissional que mais lucra com seu perfil. O engraçado é que ele ficou em 21° na lista de números de seguidores, com apenas 1,9 milhões. Já a mulher com o maior faturamento Sommer Ray, que soma em sua conta quase 17 milhões de seguidores.

Reprodução/Instagram @sommerray

Sommer costuma cobrar 20 mil libras por cada post patrocinado (cerca de R$ 83 mil) e seu faturamento anual, somado com outras ações pagas, é de 4 milhões de libras (cerca de R$ 16 milhões). Apenas oito homens entraram no top 50, com Joe Wicks sendo o mais rico e ganhando cerca de 33 mil libras por post (cerca de R$ 137 mil).

“Claramente as mulheres fitness do Instagram são mais populares na rede social e 42 do top 50 são mulheres (ninguém no top 10 é homem). Ainda sim existe uma desigualdade de pagamento entre os que mais faturam porque Joe Wicks está ganhando três vezes mais dinheiro do que a mulher mais bem classificada da lista, mesmo ela sendo a número 1 e ele 21 no ranking de seguidores”, disse um porta-voz da Forza Supplements.