As 5 melhores contratações do Chelsea na 'era José Mourinho'

Nathalia Almeida
·3 minuto de leitura

Escolhido por Roman Abramovich para conduzir a revolução de patamar do Chelsea no início dos anos 2000, José Mourinho chegou ao Stamford Bridge já com status de gênio, afinal, vinha de um histórico e improvável título de Champions League à frente do 'azarão' Porto.

Em suas duas passagens pela equipe londrina, o treinador luso liderou mudanças profundas nas ideias de jogo e seus protagonistas, sendo o 'cabeça' de muitas negociações que se provaram mais que acertadas e marcaram época no clube.

A seguir, elencamos as cinco principais contratações do Chelsea na 'era Mourinho':

5. Michael Essien (£34,2 milhões)

Chelsea's Ganaian midfielder Michael Ess | CARL DE SOUZA/Getty Images
Chelsea's Ganaian midfielder Michael Ess | CARL DE SOUZA/Getty Images

Depois de sua primeira temporada à frente do Chelsea (2004/05), Mourinho buscou no Lyon uma das primeiras grandes contratações que faria em Stamford Bridge: Michael Essien. Volante de força, muita resistência física e boa técnica, demorou a se adaptar e teve uma primeira temporada abaixo da média em Londres, mas se superou nos anos seguintes e brilhou, sendo eleito o terceiro melhor jogador africano em 2006. Não fossem as lesões, poderia ter sido ainda maior.

Estatísticas gerais na equipe: 256 jogos, 25 gols, 18 assistências, 9 títulos

4. Cesc Fàbregas (£29,7 milhões)

Chelsea v Nottingham Forest - FA Cup Third Round | Clive Rose/Getty Images
Chelsea v Nottingham Forest - FA Cup Third Round | Clive Rose/Getty Images

Durante a segunda passagem de Mourinho pelo clube azul, mais precisamente em 2014, seu grande acerto foi a contratação de Cesc Fàbregas. O comandante bancou a chegada do talentoso armador mesmo com seu 'passado gunner', e foi fundamental para recuperar os grandes anos do espanhol. Cesc tornou-se o cérebro do meio de campo blue, se destacando naquilo que sempre fora seu ponto forte: os passes para gols. Foi o líder de assistências na campanha do título inglês de 2014/15.

Estatísticas gerais na equipe: 198 jogos, 22 gols, 57 assistências, 4 títulos

3. Ashley Cole (£6,6 milhões)

Chelsea v Reading | Clive Rose/Getty Images
Chelsea v Reading | Clive Rose/Getty Images

Assim como seu antecessor neste artigo, Ashley Cole também chegou ao Stamford Bridge com um 'passado gunner', com o agravante de ter saído do Arsenal em 2006 diretamente para o arquirrival Chelsea. Havia muita resistência em torno de seu nome, mas não tardou muito para que ela se transformasse em idolatria. Marcou época na lateral-esquerda do clube londrino, passando nada menos do que oito anos no clube.

Estatísticas gerais na equipe: 338 partidas, sete gols, 38 assistências, 9 títulos

2. Petr Čech (£11,7 milhões)

Chelsea goalkeeper Petr Cech wear a prot | PAUL ELLIS/Getty Images
Chelsea goalkeeper Petr Cech wear a prot | PAUL ELLIS/Getty Images

O maior goleiro da história do Chelsea também chegou ao clube londrino a pedido de Mourinho. Contratado em julho de 2004 junto ao Rennes, o tcheco foi imediatamente alçado ao posto de titular em virtude da lesão de Cudicini, e nunca mais deixou o posto. Luva de Ouro da Premier League em sua primeira temporada no clube, empilhou atuações de gala e 'clean sheets' em Stamford Bridge em seus onze anos como jogador blue. É, até os dias de hoje, o sexto atleta com mais aparições com a camisa do Chelsea.

Estatísticas gerais na equipe: 494 jogos, 228 clean sheets, 15 títulos

1. Didier Drogba (£34,6 milhões)

Chelsea v Everton | Mark Thompson/Getty Images
Chelsea v Everton | Mark Thompson/Getty Images

A primeira posição deste artigo não poderia ser de outro jogador. Drogba é o herói e o redentor da torcida do Chelsea, grande nome da campanha do único título de Champions League da história do clube até aqui. Mas bem antes de ser o salvador dos Blues na conquista europeia de 2011/12, o letal centroavante marfinense já havia somado diversas conquistas individuais e coletivas em nível nacional em Stamford Bridge. É o 14º jogador com mais partidas na história do Chelsea, além do quarto maior artilheiro, atrás somente de lendas como Lampard, Tambling e Dixon.

Estatísticas gerais na equipe: 381 jogos (duas passagens), 164 gols, 86 assistências, 14 títulos