5 curiosidades do clássico de ‘Nevermind’, do Nirvana, que faz 28 anos

Kurt Cobain era o cantor da banda 'Nirvana' (Foto: Reprodução/IMDb)

Em setembro de 1991, a banda Nirvana lançava seu segundo álbum e, com ele, marcava seu nome na história do rock mundial. ‘Nervermind’ foi produzido por Buth Vig, em Los Angeles, e colocou as guitarras em evidência, deu amplitude ao movimento grunge no mundo todo e fez de Kurt Cobain o vocalista mais emblemático da década de 1990.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

O disco do Nirvana foi tão impactante, que mesmo depois de quase três décadas, continua sendo um dos mais essenciais e importantes da música, mesmo para muitas gerações mais jovens que nem chegaram a acompanhar a carreira da banda norte-americana, mas conhecem as músicas de ‘Nervermind’.

Leia também:

Veja 5 curiosidades desse álbum memorável:

1. Desbancou Michael Jackson

‘Nervermind’ teve mais de 35 milhões cópias vendidas em todo mundo e foi um enorme sucesso e, em janeiro de 1992, desbancou o álbum ‘Dangerous’ de Michael Jackson do primeiro lugar da parada Billboard 200.

2. A história por trás da música

O primeiro hit de ‘Nervermind’, ‘Smells Like Teen Spirit’, ganhou este nome quando a amiga de Kurt, Kathleen Hanna, escreveu na parede do quarto dele a frase: “Kurt smells like Teen Spirit. Só que o cantor achava que isso era um elogio, ou algo revolucionário, que ele teria o “espírito jovem”. Na verdade Hanna estava tirando sarro pois Teen Spirit era a marca de desodorantes que a então namorada de Kurt, Tobi Vail, usava.

3. Dave Grohl entra para o Nirvana

‘Nevermind’ foi o primeiro álbum que Dave Grohl participou como baterista do Nirvana, mas não foi o único a tocar nas faixas do disco. Chad Channig (que tinha participado do primeiro álbum da banda, ‘Bleach’, em 1989), ainda estava no início das gravações e é dele a bateria em ‘Polly’.

4. À la John Lennon

O produtor Buth Vig conseguiu convencer Kurt Cobain a regravar os vocais das músicas alegando o uso dessa técnica no passado por John Lennon, para ele se sentir mais confortável em fazer as regravações.

5. A capa histórica

A capa de ‘Nevermind’ com o bebê na água, que se tornou famosa no mundo inteiro, foi inspirada no interesse de Kurt por partos realizados na água. Ele era fascinado por gravidez e partos, retratando esse universo várias vezes em seus diários e depois também, no último álbum do Nirvana, ‘In Utero’. Para ‘Nevermind’, o fotógrafo Kirk Weddle registrou o bebê Spencer Elden nadando em direção a uma nota de 1 dólar.