• Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

5 atores que não usaram playback em filmes

·2 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Resumo da notícia:

  • Confira a lista de atores que soltaram a voz em seus papéis.

Muitos atores interpretam cantores e artistas famosos durante suas carreiras. Porém, algumas acabam recorrendo ao playback, ao invés de cantarem. Nesta lista, separamos alguns artistas que colocaram suas vozes para jogo em seus personagens.

Leia mais:

Renée Zellweger cantou de verdade ao interpretar Judy Garland no filme biográfico “Judy”.

Renée Zellweger trabalhou com o lendário técnico vocal Gary Catona para conseguir sua incrível voz o mais forte possível para o filme: "O truque não era fazer-se passar por Judy Garland, mas trazer algo de sua própria alquimia, o que sinto que ela conseguiu fazer, mantendo-se fiel ao personagem e fazendo-o ganhar vida".

Zellweger aparentemente se transformou em Judy Garland tão bem, e sua voz era tão hipnotizante, que os figurantes no cenário estariam literalmente soluçando durante os takes porque era tão mágico. Ela acabou ganhando seu segundo Oscar e o primeiro Oscar de melhor atriz pela performance.

Reese Whiterspoon também conquistou um Oscar por sua atuação em “Walk The Line”, onde interpretou June Carter Cash.

Witherspoon passou seis meses treinando com técnicos vocais para que ela pudesse aprender a cantar, tocar um instrumento e gravar um álbum. Em 2020, ela relembrou na Instagram sobre a experiência, dizendo: "Joaquin e os caras da banda praticavam todos os dias e todas as noites. Apesar de toda a prática, eu estava tão nervosa para cantar diante daquelas multidões enormes, mas uma vez que começamos, foi uma emoção muito grande. Verdadeiramente uma experiência inesquecível que eu sempre apreciarei".

Bradley Cooper soltou a voz ao interpretar Jackson Maine em “A Star Is Born”, ao lado de Lady Gaga. O ator trabalhou com um treinador vocal durante vários meses antes de rodar o filme. Ele até disse que alguma da inspiração para seus vocais veio da voz de Lady Gaga, e que ela estaria cantando ao vivo também:

Tom Hiddlenston também foi responsável por cantar sua parte em “I Saw The Light”. Retratar o cantor icônico não foi o feito mais fácil para Hiddleston - por exemplo, Hiddleston é um barítono, e Williams era um tenor - então ele passou muito tempo treinando suas cordas vocais para imitar o que Williams podia fazer: "Eu tinha ouvido 'Love Sick Blues' e 'Long Gone Loneome Blues', e não sabia como fazer minhas cordas vocais vibrar para fazer aquele som específico...pensei que fosse um acidente de genética".

Hiddleston atuou no filme com a colega Elizabeth Olsen, que também cantou tudo ela mesma. Ela interpretou a esposa de Williams, Audrey Williams, a icônica cantora e compositora.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos