4 sugestões de filmes para Carla Diaz, a nova namoradinha do Brasil

·3 minuto de leitura
Carla Diaz em
Carla Diaz em "A Menina Que Matou Os Pais", Big Brother Brasil e "O Clone": qual foi a melhor atuação da atriz? (Fotos: reprodução/Amazon Prime Video/TV Globo)

Carla Diaz entrou no BBB 21 para conquistar o coração do público brasileiro. Mostrando a sua real e meiga personalidade, a atriz não teve jornada memorável no reality show e viu o seu fã-clube permanecer no mesmo patamar após a participação no programa. Calhou do destino ter um plano melhor para ela. Meses depois, a estrela se tornou a nova namoradinha do Brasil ao aparecer como assassina fria e sanguinária dos próprios pais no cinema.

Quem circulou pela internet nos últimos dias percebeu que só se fala nos dois filmes protagonizados por Carla sobre a vida de Suzane von Richthofen: "A Menina Que Matou Os Pais" e "O Menino Que Matou Meus Pais". Apesar da qualidade duvidosa dos longas exibidos pelo Amazon Prime Video, a atriz tem conseguido se destacar: dificilmente algum comentário publico por aí sobre os longas não envolve a atuação da protagonista.

Leia também:

Aproveitando o hype dos filmes que recontaram uma história que todo mundo sabe de cor, decidimos sugerir algumas outras obras que poderiam ter sucesso como Carla Diaz como protagonista. Alguns exploram o lado mais dramático da atriz, visto em sua atuação como Suzane von Richthofen, e outros oferecem algum alívio para a estrela - afinal, haja terapia após matar os pais em dois filmes consecutivos.

O remake de "O Orfanato"

O filme, disponível atualmente na Netflix, fez grande sucesso na década passada. Produzido por Benício del Toro e com Edgar Vivaz (o seu Barriga de "Chaves"), o longa espanhol conta a história de Laura, uma mulher que resolve morar com a sua família no imóvel que antes era o orfanato onde foi criada e acaba surpreendida com o desaparecimento do filho (também adotivo). Imagine o impacto que seria ver Carla Diaz, revelada como a orfã Maria em Chiquititas, interpretando a protagonista deste filme de terror? Estragaria a infância de muita gente - incluindo a nossa.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Caso Elize Matsunaga

Elize Matsunaga (Foto: Divulgação/ Netflix)
Elize Matsunaga no documentário "Elize Matsunaga: Era Uma Vez um Crime": consegue imaginar Carla Diaz no lugar dela? (Foto: Divulgação/ Netflix)

Talvez Carla Diaz possa se tornar a musa do true crime brasileiro. Basta que ela seja convidada para interpretar outras criminosas famosas, como Elize Matsunaga, por exemplo. A história dela acabou de virar livro pelas mãos do escritor Ullisses Campbell e, vejam só, o título parece de filme: "Elize Matsunaga: A Mulher que Esquartejou o Marido".

A vida adulta de Khadija ("O Clone")

O que aconteceu com a personagem mais famosa de Carla Diaz na vida adulta? Afinal, só nos divertimos com ela ainda criança, dizendo a expressão "inshalá" - que pode ser traduzida como "se Deus quiser". Como determina a lei muçulmana, Khadija terminou "O Clone" morando com o pai, Said, interpretado por Dalton Vigh. Será que a pequena sentiu falta da mãe Jade (Giovanna Antonelli)? E se ela se revoltou com a vida? São tantas possibilidades a ser exploradas por um filme...

Um filme dos dummies

Apesar de Khadija ser a personagem mais lembrada de Carla Diaz, temos que reconhecer que a melhor atuação da carreira dela foi o retorno ao Big Brother Brasil, após alguns dias na casa de vidro, vestida de dummy. A atriz entrou tão bem no personagem que poderia ser a estrela de uma história de origem sobre os funcionários pitorescos de Boninho. Afinal, de que planeta eles vieram? São escravos? Assalariados com carteira assinada? Somente a namoradinha do Brasil sabe o que há por trás da fantasia.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos