4 furos de roteiros de filmes da Marvel

A Marvel é a responsável pela criação de filmes incríveis de super heróis.

A primeira grande produção surgiu em 2008, com Homem de Ferro. E de lá para cá, nos encantamos por muitos outros.

Mas em 23 anos de trabalho, muitos furos de roteiros foram identificados. Confira os principais nessa lista.

A busca de Thor pelas Joias do Infinito

No filme Vingadores: A Era de Ultron, Thor tem uma visão sobre as jóias do infinito e esse parece ser o grande gancho do próximo filme… mas não é..

No filme seguinte do personagem, Thor: Ragnarok, essa busca é ignorada e vira só uma rápida piada.

Pantera Negra e suas políticas

No filme Capitão América: Guerra Civil, o reino de Wakanda, com o apoio do herdeiro T’Challa, assina o acordo de Sokovia.

Mas no filme Pantera Negra, T’Challa vive uma cena que com certeza deixou mortos inocentes, indo contra as cláusulas do acordo.

Gamora não lembra do seu passado

No filme Guardiões da Galáxia, Gamora conta que foi a única sobrevivente do ataque de Thanos a seu planeta natal.

Mas na produção Guerra Infinita, vemos que Thanos “apenas” mandou matar metade dos habitantes do planeta.

Homem Aranha: De volta ao lar e seu erro de data

O letreiro que aparece no começo do filme Homem-Aranha: De Volta ao Lar traz um grande furo de continuidade nos roteiros dos filmes da Marvel.

Nele aparece 8 anos, o quer dizer que De Volta teria acontecido em 2020.

Mas se Os Vingadores se passa em 2012, Guerra Civil em 2016, e essa produção surge seis meses depois de Guerra, a data estaria errada no letreiro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos