30 anos sem Freddie Mercury: 6 curiosidades sobre o astro do Queen

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Freddie Mercury em show do Queen em Oakland, na California, EUA.
Freddie Mercury em show do Queen em Oakland, na California, EUA. Foto: Steve Jennings/WireImage

Resumo da notícia:

  • Freddie Mercury nos deixava há 30 anos, no dia 24 de novembro de 1991

  • Vítima de uma broncopneumonia acarretada pela Aids, o cantor deixou um legado histórico

  • Reunimos algumas curiosidades do músico além dos palcos com a banda Queen

Há três décadas, o mundo perdia o icônico Freddie Mercury aos 45 anos de idade. O vocalista da banda Queen foi vítima de uma broncopneumonia em decorrência da Aids após esconder seu diagnóstico do público por anos.

Com uma personalidade excêntrica, o cantor marcou a indústria da música com uma voz inconfundível, um estilo que ficou eternizado na memória de seus fãs e histórias que vão além das performances extraordinárias nos palcos. Confira 6 curiosidades sobre um dos maiores artistas de todos os tempos:

Nome de batismo e cidade natal

Freddie Mercury nasceu no dia 5 de setembro de 1946 e foi registrado como Farrokh Bulsara. Ele recebeu o apelido Freddie na época da escola e tornou o nome oficial quando fez a alteração legal na década de 1970. Vale lembrar que o artista é natural da cidade de Pedra, em Zanzibar, na África, o que equivale a atual Tanzânia, depois cresceu na Índia antes de se mudar com a família para a Inglaterra aos 17 anos.

Formado em Design Gráfico

Logo da banda Queen
Logo da banda Queen. Foto: Divulgação

Desenhista do logo oficial da banda, conhecido como Queen Crest, Mercury era dono de um diploma de Design Gráfico. Formado pelo Ealing Art College, em Londres, o músico usou os símbolos dos signos dos integrantes da banda e se inspirou no Brasão de Armas Britânico para criar o desenho.

Nome de Asteroide

O asteroide 17473, localizado entre Júpiter e Marte, foi descoberto no espaço em 1991, ano em que o cantor nos deixou. Em 2016, a União Astronômica Internacional o nomeou como Freddie Mercury em homenagem ao artista. Intitulado Freddiemercury 17473, o asteroide foi anunciado por Brian May, guitarrista do Queen, que é também doutor em astrofísica.  

Medo de consertar os dentes

Freddie Mercury no show do Queen em Rosemont, Illinois, nos EUA, em 1980
Freddie Mercury no show do Queen em Rosemont, Illinois, nos EUA, em 1980.
Foto: Paul Natkin/Getty Images

O músico mostrava ter muita vergonha de seu sorriso ao tentar escondê-lo frequentemente em entrevistas. Isso porque ele tinha alguns dentes a mais, o que resultou num formato exótico de sua boca com a arcada dentária empurrada para frente. Apesar disso, Freddie Mercury nunca quis passar por nenhum procedimento por acreditar que poderia ter sua voz alterada. 

Vestiu a Lady Di "de homem" para ir em bar LGBT

Grandes amigos, Mercury e a Princesa Diana tinham dificuldade em sair juntos por conta da fama gigantesca da dupla. Além disso, a esposa do Príncipe Charles na época precisava seguir regras da família real britânica. De acordo com Cleo Rocos na biografia "Bananas Forever", o cantor levou a amiga ao The Royal Vauxhall Tavern, um famoso bar LGBT de Londres, "vestida de homem" para se disfarçar. O look com um casaco militar, um par de óculos de sol e um gorro fez com que apenas Mercury fosse reconhecido.

Mistério do local de suas cinzas

O corpo de Freddie foi cremado e suas cinzas foram depositadas em um local desconhecido pelo grande público. De acordo com a Rolling Stone, apenas sua família, a ex-namorada Mary Austin, os integrantes da banda Queen e o ex-namorado Jim Hutton sabem onde estão seus restos mortais.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos