+18: Os filmes para maiores mais rentáveis da história

·3 minuto de leitura
Cena de "Cinquenta Tons de Cinza", nono "filme adulto" mais rentável da história (Reprodução)
Cena de "Cinquenta Tons de Cinza", nono "filme adulto" mais rentável da história (Reprodução)

"Coringa", de Todd Philips, é o "filme para adultos" mais rentável da história do cinema, fazendo US$1,060 bilhão na bilheteria mundial. A informação não deixa de ser curiosa para nós, brasileiros, já que o longa teve por aqui classificação etária “apenas” de 16 anos.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

A informação leva em conta a censura dos Estados Unidos, que serve de padrão para muitos outros países, consideravelmente mais rígida que a nossa. Por lá, apenas adultos puderam ver na sala do cinema a obra que rendeu um Oscar de Melhor Ator a Joaquin Phoenix.

Leia também

Aproveitando o assunto, decidimos mostrar quais são os tais "filmes para maiores" mais rentáveis do cinema, levando em conta a classificação etária dos Estados Unidos e os valores de bilheteria mundial não corrigidos pela inflação. Confira abaixo:

1 - Coringa - US$1,060 bilhão

Um sucesso mundial que rendeu um Oscar de Joaquin Phoenix. Menos perturbador do que se vendia, o longa da DC Comics é o filme para adultos mais lucrativo da história.

2 - Deadpool 2 - US$785 milhões

O humor escrachado do anti-herói foi consagrado pelo público com números de bilheterias que rivalizam com os filmes mais badalados da Marvel. Por aqui, no Brasil, assim como o “Coringa, ele também ganhou classificação indicativa de “não recomendado para menores de 16 anos”.

3 - Deadpool - US$783,1 milhões

O custo de produção de US$58 milhões mostra que a Fox não apostou tão alto nos palavrões do personagem de Ryan Reynolds logo de cara - e se surpreendeu positivamente.

4 - Matrix Reloaded - US$742,1 milhões

Após o sucesso do primeiro filme, o longa das irmãs Lana e Lilly Wachowski foi por mais de uma década o longa para adultos mais rentável da história.

5 - It - A Coisa - US$700 milhões

Um filme de orçamento modesto (US$35 milhões), mas com o forte apelo de um livro clássico de Stephen King por trás de um personagem principal assustador e carismático: fórmula de fazer dinheiro.

6 - A Paixão de Cristo - US$611,8 milhões

O polêmico filme de Mel Gibson sobre os últimos dias de Jesus Cristo na Terra teve custos de produção modestos (US$30 milhões), completamente pagos com os bons números obtidos na bilheteria mundial.

7 - Logan - US$619 milhões

A despedida de Hugh Jackman do papel de Wolverine acabou sendo um tiro certo no ponto de vista de investimentos por parte da Fox. O seu custo de produção alto, US$97 milhões, acabou sendo completamente justificado no fiel da balança.

8 - Se Beber, Não Case - Parte 2 - US$586,7 milhões

A continuação do sucesso da comédia até que foi uma produção cara - US$80 milhões, usados em sequências de ação absurdas. Um tiro comercial certo - apesar do segundo filme ser pouquíssimo lembrado nos dias de hoje.

9 - Cinquenta Tons de Cinza - US$571 milhões

Impulsionado pelo sucesso do best-seller de E. L. James, o longa fez o sucesso esperado para uma história de tanta visibilidade e grande apelo erótico. Só no Brasil a obra arrecadou US$31,3 milhões.

10 - Ted - US$549,3 milhões

O filme do urso desbocado foi um surpreendente sucesso. Co-produzido e co-escrito pelo diretor Seth MacFarlane, criador do Family Guy, o longa custou US$ 50 milhões pela Media Rights Capital.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos