14 mulheres compartilham as regras para um relacionamento feliz

Crédito da foto: ivan101 - Getty Images

Por Paisley Gilmour - Cosmo

Certificar-se de que os nossos relacionamentos são saudáveis ​​é vital para o bem-estar mental. Na minha opinião, não faz sentido estar com alguém se o relacionamento não está contribuindo para a sua felicidade e qualidade de vida.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

Aqui, 14 mulheres estabeleceram regras para o parceiro seguir, assegurando um relacionamento saudável, bom e não tóxico - e elas ainda nos contam como isso funciona.

Leia também

1. "Sem ameaças de deixar o outro. Nunca. Se um de nós estiver realmente nesse ponto, levaremos o assunto a sério. Isso realmente ajuda a solidificar nossa confiança e nos sentir como se fossemos um time."

2. "Nós temos um código, 'abacaxi', para quando a outra pessoa está ficando frustrada ou irritada e podemos sentir que isso vai levar a uma briga. A palavra significa apenas que nós vamos dar uma pausa de cinco minutos e depois ver se conseguimos falar mais calmamente".

3. "Não importa o quão ocupado estamos, sempre jantamos juntos. Não importa se é só um prato de sopa, aproveitamos para sentar, comer e conversar um com o outro."

4. "Durante uma discussão, sempre temos que dizer ao outro: 'Eu te amo, mas estou chateado com você', ou algo nesse sentido, para nos assegurar e manter a discussão separada da base do nosso relacionamento. Algo como, 'Você sabe que eu amo esse seu rosto lindo, mas eu não estou nada satisfeito com a sua opinião sobre esse assunto nesse momento!'. Soa um pouco brega, mas realmente ajuda a desacelerar a briga e manter a nossa perspectiva."

5. "Uma palavra de segurança para a vida cotidiana. Por exemplo, quando meu parceiro está me provocando e eu realmente não acho mais engraçado, eu apenas digo a palavra de segurança e nós damos um tempo. Talvez depois discutamos por que foi tão longe, mas geralmente quem usou a palavra de segurança sabe o que houve de errado".

6. "Nosso lema é sempre 'o mesmo time'. A comunicação é sempre fundamental, é melhor ferir os sentimentos da pessoa com a verdade do que segurar o ressentimento por anos. Uma pequena queimadura sara, o que se desgasta não."

7. "Se o cachorro está no colo de uma pessoa e ela precisa de algo (mais café, outra cerveja), a outra pessoa pega. E nada de chamar o cachorro para se sentar no seu colo, para que você não tenha que se levantar."

Crédito da foto: Juj Winn - Getty Images

8. "Agradecemos um ao outro pelas tarefas que fizemos em vez de ficarmos ressentidos pela que "sempre" fazemos e o outro "nunca" faz. Às vezes, quando estou varrendo e aspirando ou limpando o banheiro, fico um pouco irritada, "ele nunca faz isso", e então eu lembro que ele sempre lava as roupas e faz as compras no supermercado e isso me ajuda a não ficar tão resmungona.

9. Não há expectativas não ditas. Se você quer ou precisa de algo da outra pessoa, você deve avisá-lo. Dessa forma, ela tem a opção de agir, ignorar ou ficar ciente. Mas a partir desse ponto sua reação emocional está garantida. Como posso ficar chateado por você não tirar a louça da máquina de lavar louça se eu nunca te disse que esperava que você fizesse isso? Eu posso ficar chateada se eu disser a ele que esperava que ele me ajudasse, e eu tivesse encontrado ele no sofá jogando videogames. Isso não resolve todos os problemas, mas permite que você saiba quando há sentimentos feridos, que inevitavelmente aparecem, e como lidar com eles."

10. "Perguntamos antes de nos tocarmos aleatoriamente (pelo menos numa parte do tempo). Tivemos que criar essa regra porque ele ama muito carinho/toque, mas, por mais que eu o ame, eu realmente preciso do meu próprio espaço. Então, agora, ele pergunta antes de me sufocar em abraços. Pode parecer uma regra estranha, especialmente já que estamos juntos há cinco anos. Mas só recentemente percebi que não deveria aguentar carinho a qualquer momento por ele. Ele quer que eu aprecie o carinho que me dá, não que me deixe desconfortável".

Crédito da foto: Jena Ardell - Getty Images

11. "Se um de nós, algum dia, soltar gases intestinais perto do outro, temos que dizer: 'Soltei um pum, desculpe'. Sempre apertamos o bumbum um do outro antes de irmos dormir."

12. "Quando um de nós está em casa e o outro chega da rua, paramos o que estamos fazendo e damos um 'abraço de boas-vindas'. Vai de uns sólidos 30 segundos a alguns minutos de abraço."

13. "Nunca gritar. Nós dois tivemos pessoas muito destrutivas em nossas vidas e sabemos que quando deixamos as emoções ditarem o comportamento é porque não estamos mais sendo lógicos ou respeitosos com o outro. Se ficarmos zangados com o outro, esperamos um momento para nos acalmarmos e compartilhar nosso ponto de vista com o outro".

14. "O botão de pausa. Nós dois temos o direito de interromper uma conversa se está se tornando improdutiva."