Oscar 2020: 10 vitórias que podem ser históricas

Colaboradores Yahoo Vida e Estilo
Quem será que leva uma estatua para casa? (Foto: Reuters)
Quem será que leva uma estatua para casa? (Foto: Reuters)

Por Diego Olivares

Como se não bastasse a honra de levar uma estatueta dourada para casa, alguns dos indicados podem entrar para a história do Oscar com suas vitórias. Confira algumas das marcas que podem ser alcançadas na 92ª edição do tradicional prêmio dado pela Academia.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

‘Democracia em Vertigem’ como melhor documentário

Além do filme de Petra Costa poder ser o primeiro filme brasileiro a levar um Oscar, seria a primeira vitória de uma produção latino-americana entre os documentários.

Leia também

‘Parasita’ como melhor filme

Uma vitória do filme sul-coreano na categoria principal pode representar a primeira vez que o prêmio mais prestigiado do cinema ficará nas mãos de uma produção falada em outra língua que não o inglês.

‘O Irlandês’ (ou ‘História de um Casamento’) como melhor filme

Caso a Academia escolha o longa de Martin Scorsese como o preferido do ano, será a primeira vitória de uma produção original Netflix na categoria. O mesmo acontece se História de Um Casamento ficar com o troféu.

‘Era uma Vez Em… Hollywood’ como melhor filme

Apesar de ser um dos mais cultuados e famosos cineastas da história, Quentin Tarantino nunca teve uma obra sua coroada com o principal prêmio do Oscar, apesar de já ter no currículo duas vitórias por roteiro (‘Pulp Fiction’ e ‘Bastardos Inglórios’). Chegou a vez dele?

‘Coringa’ como melhor filme

As 11 indicações do longa dirigido por Todd Phillips já representam o maior número para uma produção inspirada num personagem de história em quadrinhos. Uma eventual vitória do Oscar principal será a primeira para um filme do gênero, que atualmente domina o mercado de Hollywood.

Joaquin Phoenix como melhor ator

Caso o astro de ‘Coringa’ confirme seu favoritismo, será a segunda vez que o mesmo personagem rende um Oscar para atores diferentes, já que Heath Ledger foi premiado postumamente pela atuação em ‘Batman - O Caveleiro das Trevas’. A outra vez em que isso aconteceu foi com o Vito Corleone, da trilogia ‘O Poderoso Chefão’, que deu troféus para Marlon Brando em 1973 e Robert De Niro em 1975.

Cynthia Erivo como melhor atriz ou melhor canção

A atriz e cantora Cynthia Erivo. (Foto:Danny Moloshok/Reuters)
A atriz e cantora Cynthia Erivo. (Foto:Danny Moloshok/Reuters)

A atriz e cantora, que concorre em duas categorias pelo seu trabalho no drama histórico ‘Harriet’ (sem previsão de lançamento no Brasil), pode entrar para o seleto grupo de personalidades que possuem um E.G.O.T, ou seja, premiações no Emmy, Grammy, Oscar e Tony, os mais prestigiados do entretenimento norte-americano. O troféu da Academia é só o que falta.

Scarlett Johansson como melhor atriz e melhor atriz coadjuvante

A atriz Scarlett Johansson é uma das favoritas (Foto: Mario Anzuoni/Reuters)
A atriz Scarlett Johansson é uma das favoritas (Foto: Mario Anzuoni/Reuters)

Ser indicado por duas atuações em um mesmo ano é raro, mas já aconteceu outras onze vezes na história do Oscar - antes de Scarlett, a última havia sido em 2007, com Cate Blanchett. Inédito é ganhar ambas na mesma edição, um feito que a atriz pode sonhar em alcançar.

Sam Mendes como melhor diretor

O diretor Sam Mendes (Foto: Alessandro Bianchi/Reuters)
O diretor Sam Mendes (Foto: Alessandro Bianchi/Reuters)

O britânico volta a concorrer ao prêmio da categoria, exatos 20 anos depois de seu triunfo por ‘Beleza Americana’. Caso repita a dose agora, pelo trabalho em ‘1917’, será o maior intervalo entre duas vitórias de um mesmo diretor.

‘Honeyland’ como melhor documentário e melhor filme internacional

Honeyland é um dos favoritos no Oscar (Foto: Reprodução/IMDB)
Honeyland é um dos favoritos no Oscar (Foto: Reprodução/IMDB)

O filme da pequena Macedônia já fez história por ser o primeiro longa a concorrer nas duas categorias. Uma improvável vitória em ambas não apenas consolidaria esse recorde, mas o deixaria muito difícil de ser igualado.