10 filmes que estrearam em Sundance pra ficar de olho em 2022

·4 min de leitura

Por Rafaela Sales Ross

Um dos mais importantes e renomados festivais de cinema do mundo, o Festival de Cinema de Sundance 2022 aconteceu durante a última semana de Janeiro em um formato totalmente digital pelo segundo ano consecutivo. Fundado pelo diretor e ator americano Robert Redford em 1981, o festival tem como missão amplificar novas vozes do cinema americano e foi responsável por revelar grandes diretores como Quentin Tarantino e Paul Thomas Anderson.

Com quase oitenta filmes no catálogo do festival, separamos uma lista com dez títulos imperdíveis da edição:

"Cha Cha Real Smooth"

Sundance. Foto: Divulgação
"Cha Cha Real Smooth" Foto: Divulgação

Segundo filme do precoce diretor Cooper Raiff, de 24 anos, Cha Cha Real Smooth conta com uma das melhores performances da carreira de Dakota Johnson como a mãe de uma adolescente autista que, prestes a embarcar em um novo casamento, luta para equilibrar os desejos da juventude com os ideais engessados da vida adulta.

"FRESH"

sundance Foto: Divulgação
"FRESH" está em Sundance Foto: Divulgação

Metade filme de terror, metade comédia romântica, FRESH é uma sátira sangrenta com teor feminista. Estrelado por Daisy Edgar-Jones, da série "Pessoas Normais" e Sebastian Stan, o Bucky Barnes no universo Marvel, o filme já tem distribuição e chega ao streaming estadunidense Hulu no início de Março, ainda sem data para lançamento no Brasil.

"Good Luck To You, Leo Grande"

Foto: Divulgação
"Good Luck To You, Leo Grande". Foto: Divulgação

Em Good Luck To You, Leo Grande, Emma Thompson é uma viúva sexualmente frustrada que, após a morte do marido, resolve contratar um gigolô para satisfazer suas fantasias na cama. Apesar do tom de comédia, o filme posa questões importantíssimas sobre sexualidade feminina e relacionamentos na terceira idade.

"Marte Um"

Foto: Divulgação
"Marte Um". Foto: Divulgação

Do diretor brasileiro Gabriel Martins, Marte Um é um comovente retrato do Brasil contemporâneo contado a partir dos sonhos e lutas de uma família negra no subúrbio de Belo Horizonte. Abordando temas como relacionamentos homoafetivos, racismo e desigualdade social, o filme posa questões importantíssimas sobre a sociedade brasileira atual.

"Happening"

Foto: Divulgação
"Happening". Foto: Divulgação

Ganhador do Leão de Ouro, prêmio mais importante no prestigiado Festival de Veneza em 2021, Happening é um drama potente sobre aborto. Ambientado na década de 1960, quando o aborto ainda era ilegal na França, o filme conta a história de uma estudante que coloca a vida em perigo ao burlar o rígido sistema legal em busca de terminar uma gravidez indesejada.

"Resurrection"

Foto: Divulgação
"Resurrection". Foto: Divulgação

Estrelado pela dupla dos sonhos do cinema indie, Rebecca Hall (A Casa Sombria) e Tim Roth (Bergman Island), Resurrection é um prato cheio para os fãs do cinema de gênero. Esse drama psicológico trata de temas como maternidade, relacionamentos abusivos e saúde mental através de uma série de tensas reviravoltas.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

"Fire of Love"

Foto: Divulgação
"Fire of Love". Foto: Divulgação

Um espetáculo visual, o documentário narrado pela atriz americana Miranda July conta a história do casal de cientistas Katia e Maurice Krafft através de imagens arrebatadoras dos maiores e mais icônicos vulcões ao redor do mundo.

"Living"

Foto: Divulgação
"Living". Foto: Divulgação

Remake britânico do clássico Viver (1952), do grande diretor japonês Akira Kurosawa, Living é estrelado pelo inglês Bill Nighy e pela revelação da série Sex Education, Aimee Lou-Wood. Com uma cinematografia e trilha sonora pristinas, o filme foi unanimidade entre críticos durante sua exibição em Sundance.

"Brian and Charles"

Foto: Divulgação
"Brian and Charles". Foto: Divulgação

Brian (David Earl) é um solitário inventor de bugigangas em uma pequena cidade no País de Gales que, em uma tentativa de encontrar uma companhia, cria um robô desengonçado a partir de uma máquina de lavar. Uma comédia excêntrica com um coração enorme, Brian and Charles é para - literalmente - para chorar de rir.

"The Worst Person in the World"

Foto: Divulgação
"The Worst Person in the World". Foto: Divulgação

Grandes nomes da indústria como Jane Lee Curtis e Judd Apatow se declararam fãs do novo filme do diretor norueguês Joachim Trier, que teve sua estreia mundial no Festival de Cannes em 2021 e vem arrematando uma série de indicações a prêmios desde então. Uma crônica sobre romances modernos, o filme é um dos maiores lançamentos do mercado de cinema independente em 2022.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos