1º elfo negro de 'Senhor dos Anéis', Córdova sonha com dia que não precisará falar de diversidade

Ismael Cruz Córdova (Foto: Getty Images)
Ismael Cruz Córdova (Foto: Getty Images)

Arondir em "Os Anéis de Poder", série derivada de "O Senhor dos Anéis", Ismael Cruz Córdova esteve no Brasil, mais precisamente em São Paulo, para participar de um dos painéis da CCXP, maior festival de cultura pop do mundo. Porto-riquenho (mas brasileiro de coração, como ele mesmo se definiu no evento), o ator é o primeiro elfo negro da franquia e, ao ser questionado sobre tal marco, surpreendeu ao dizer (em português!) que sonha com o dia em que não será necessário falar sobre essa diversidade, por exemplo.

"É maravilhoso que esse debate tenha ganhado espaço e não estamos pedindo nenhum favor. No entanto, esperamos também pelo momento em que não será preciso tocar no assunto. Queremos ser vistos de uma maneira mais profunda e que, ao entrarmos em espaços como este, a primeira pergunta seja, não sei, relacionada ao nosso processo artístico", explicou.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Em seguida, Ismael reforçou a importância de produções tão grandiosas como essa terem um elenco mais diverso, especialmente pensando nos pequenos. "É essencial que as crianças [negras] possam sonhar e se ver representadas de uma maneira mais elegante, poderosa, diferente de como geralmente é feito", refletiu.

Alvo de ataques racistas quando foi escolhido para o papel, o ator ainda agradeceu aos fãs brasileiros pelo apoio e explicou porque se esforçou para falar português na CCXP. "Eu quis mostrar minha gratidão e respeito, é o mínimo que posso fazer. De verdade, esse país me deu tanta coisa, tanto amor. Aliás, o Brasil é muito parecido com Porto Rico, é muito acolhedor e apaixonado", declarou.