De Érika Januza a Elza Soares, famosas homenageiam mulheres que as inspiram

·3 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Todos têm uma mulher forte que os inspira. Seja mãe, avó, esposa, filha ou mesmo uma figura histórica capaz de mostrar sua forças de mãe batalhadora, de ativista destemida ou de uma jovem arredia que quer abraçar tudo que lhe negam. Pensando nisso, o jornal Folha de S.Paulo convidou algumas mulheres famosos (e fortes!) para fazerem suas homenagens no Dia Internacional da Mulher, celebrado nesta segunda-feira (8). A cantora Elza Soares, 90, a atriz Érika Januza, 35, e a médica e ex-BBB Marcela McGowan, 32, aceitaram o desafio.  Leia abaixo seus depoimentos: Elza Soares, 90 Uma mulher importante para mim? Dona Rosaria, minha mãe. A mulher que me colocou no mundo, que com todas as dificuldades nunca deixou de dar amor aos filhos, nunca deixou de cuidar da casa. Uma mulher que sustentou os filhos carregando lata na cabeça e lavando roupa para fora. Inclusive em fotos que ainda tenho dessa época, estamos todos nós [filhos] sempre arrumados. Um exemplo de avó e minha amiga em todos os momentos. Érika Januza, 35 Admiro inúmeras mulheres, mas não há como não falar de minha mãe, que é uma mulher que desde sempre me ensina a ter fé nas coisas, mesmo quando tudo parece dar errado, ela tem uma palavra positiva e isso me norteia em minha jornada. Pensar que o que não aconteceu, não aconteceu porque não era pra mim. Parece óbvio, mas nem sempre temos esta consciência plena. Hoje, isso está muito presente em mim, por causa dela. Sempre de bom humor, sem preguiça para nada, disposta, justa. O que sou, eu devo a ela. E tudo que posso, faço por ela. Então minha mulher inspiração é minha mama!" Marcela Mc Gowan, 32 Vou ter que ser um pouco clichê e falar aqui da minha mãe. Ela sempre foi uma mulher que me inspirou muito. Primeiro por ser uma pessoa extremamente empática e doce, que me ensinou sobre se colocar no lugar dos outros, segundo ponto minha mãe sempre me incentivou demais a correr atrás dos meus sonhos e conquistas, ela sempre me falou muito sobre ser independente e ter minha profissão para que sempre tivesse autonomia na minha vida. Ela sempre apoiou qualquer decisão que me fizesse feliz, desde o meu divórcio, viver um reality show, assumir publicamente minha orientação sexual, a pergunta sempre era : isso te faz feliz? Todo esse combinado me encorajou a ser uma mulher forte, que corre atrás do que quer, que não tem medo de mudanças e que nunca passaria por cima de ninguém para conseguir nada. Por isso, minha homenagem à mulher que me inspirou e me encorajou a vida toda. Suzana Pires, 44 A mulher que me inspira acredita que liderança é união, não egocentrismo; que liderança é lugar de vitoriosas, não para mulheres que se assustam com obstáculos; que liderança é para mulheres criativas e de profundo envolvimento com tudo que fazem. Mas podem também acreditar que é melhor ser liderada que liderar, ou que liderança seja para mulheres lúcidas e íntegras, que cumprem a palavra, e não para pessoas que queiram ser espertinhas. A mulher que me inspira já sofreu todos os tipos de opressão machista, mas nem sabia o que era isso. Achava normal. Hoje, ela sabe o que é assédio, abuso, opressão e todos os truques patriarcais para fazê-la retomar seu papel de coadjuvante na sociedade. Ela até sente raiva, mas acaba rindo e seguindo em frente. Sabe construir seu próprio cenário, sendo protagonista da sua existência. A mulher que me inspira é você. Todas nós. Diariamente.