“É um dos meus sonhos”, diz Dave Grohl sobre desejo de ser o baterista da filha

Bruna Nogueira
·1 minuto de leitura
A filha do cantor participou da produção do próximo álbum do grupo, que chega dia 5 de fevereiro (Reprodução)
Banda Foo Fighters no programa Saturday Night Live (Reprodução)

Após Dave Grohl ter escrito uma música inteira inspirada na filha Violet, “Waiting On A War“, o cantor quer demonstrar mais ainda o amor paternal emprestando seus talentos musicais como baterista para a garota de 14 anos, que planeja ter um álbum próprio. Violet participou da produção do próximo álbum do Foo Fighters, “Medicine At Midnight” como backing vocal, e ao falar sobre isso em entrevista à BBC, Dave contou que sonha em trabalhar com a filha.

Grohl falou sobre as grandes esperanças para o futuro de Violet e todo o potencial que a menina tem para ser um sucesso. Ele também comentou como rolou a participação dela no décimo disco do grupo. “Um dia, [o produtor] Greg Kurstin disse: ‘Ei, Violet, você gostaria de fazer um vocal back-up?’ E ela ficou atrás do microfone, fez algumas tomadas e no refrão de ‘Making A Fire’, é o vocal agudo de Violet ali”, contou Dave. Ele comentou que a ficha dele só caiu quando o contador do grupo entregou o cheque com o pagamento dela.

Saudando o talento da filha, o cantor descreveu Violet como “a melhor vocalista da família Grohl”. “Violet é uma musicista incrivelmente talentosa. Ela pode pegar um instrumento e aprender em uma semana. Ela tem um tom perfeito e canta com seu instinto. Ser o baterista dela é um dos meus sonhos de vida”, disse ele.

Enquanto Violet trabalha a ideia de começar uma carreira, a gente espera o próximo do Foo Fighters. “Medicine at Midnight” chega dia 5 de fevereiro.