"É muito mais vergonhoso ser humilhada por um feio do que por um bonito", ressalta Blogueirinha

Sofrer de amor por homem bonito é ruim, mas sofrer pelos desprovidos de beleza... Ah, isso dói. É essa a máxima que Blogueirinha defende em seu mais novo single, "Homem feio também trai", lançado há cerca de um mês.

"É muito mais vergonhoso ser humilhada por um feio do que por um bonito. As pessoas entendem, acabam entendendo isso", defende a personagem interpretada pelo ator Bruno Matos.

O trabalho faz parte do álbum de estreia de Blogueirinha, que tem apostado também na música. Convidada do Yahoo Entrevista, ela conta que o disco "Quem me conhece Sabe" diz muito sobre ela, a atual sociedade e o que a indústria musical tem proporcionado.

"Eu acabei colocando nesse álbum toda a minha história, a minha essência também de cancelada, de uma pessoa que erra também, mas que chora", explica, ao se classificar como "pensadora contemporânea".

As letras retratam personagens femininas livres, com melodias que mesclam pop, funk e eletrônico. A cantora afirma que uma de suas inspirações para a capa do álbum foi o “Sour”, da americana Olivia Rodrigo, que despontou em 2021 com o retorno do pop rock.

Outra referência observada em seus trabalhos é Rihanna, já que no clipe "super militante" de "Eu sei que você quer", Blogueirinha mata um cara - é comum ver a artista de Barbados assassinando homens em seus videoclipes.

Assista à entrevista completa:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos