Água com clorofila: benefícios e como incluir o pigmento na dieta

Além de ser responsável pela cor esverdeada de plantas e vegetais, a clorofila também é rica em substâncias benéficas para a saúde. Por isso, muitas pessoas começaram a incluir o pigmento na água a fim de usufruírem dos ganhos promovidos pelo componente. Mas isso realmente funciona?

De acordo com Juliana Meireles, nutricionista do Hospital Sírio-Libanês, a clorofila é rica em propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias e magnésio. “O consumo da clorofila presente nesses grupos de alimentos, não de forma isolada (suplemento), e sim dentro de uma alimentação equilibrada, está associado ao bem-estar e à prevenção de doenças”, conta.

Quando consumida de forma natural, a clorofila pode ajudar a manter bons níveis de vitaminas A, C e E no organismo. Assim, ela pode se tornar uma aliada contra o envelhecimento precoce, já que essas substâncias ajudam no controle de oxidação das células.

“Porém, ainda não há recomendação baseada em evidências científicas que comprovem que a clorofila suplementada na água seja um tratamento para acne, como tem sido divulgado” ressalta Juliana.

Como consumir a clorofila?

Se o objetivo for aumentar o consumo do pigmento, Juliana aconselha incluir alimentos como kiwi e couve na dieta. Já para consumir clorofila de maneira líquida, é possível fazer isso ao preparar sucos, como o famoso “suco verde”.

Veja também: Suco de clorofila contra gastrite e refluxo

...

Veja mais


Veja também

Água com clorofila: benefícios e como incluir o pigmento na dieta
Vinho sem álcool existe, é bom e oferece 4 ótimos benefícios
Você ficará surpreso ao descobrir para que serve o copinho de água servido com seu café
7 tipos de cafés para diversificar na hora de apreciar a bebida
Água de quiabo combate o diabetes? Conheça os possíveis benefícios da bebida